domingo, 10 de maio de 2009

a partir do dia em que ele nascer

Filha, em breve você vai ser mãe.
Vai sentir a emoção maior, que, mesmo cantada desde sempre, ninguém pode ao menos imaginar, se não passar por ela.
Em breve a vida vai mudar completamente em função de uma pessoa tão pequena: um mundo de fraldas, leite e babas vai começar.
Você vai conhecer as maiores aflições e alegrias: "está com febre, tem cólicas, agora os dentinhos já começaram a nascer, deu os primeiros passos".
Mais tarde virá o colégio, e a rotina vai se transformar em horários, mochilas e uniformes.
Depois virão as festas, os namoros, a explosão da puberdade.
E você vai aprender, a cada momento, a melhor forma de agir; mesmo assim ainda erramos tanto...
Cada conquista dele também vai pertencer a você, assim como as alegrias e tristezas.
Mas, mesmo nos momentos em que ele parecer mais seu: seja mamando no peito e olhando fundo nos seus olhos, ou trazendo bilhetes de amor dentro de caixinhas feitas por ele na escola, lembre-se que nunca vai partilhar a liberdade com ele.
Um dia ele vai seguir alegremente o próprio caminho, dando um tchauzinho casual, e você vai ficar atônita, sem saber se ri ou se chora: porque vê-lo feliz será uma grande alegria, a partir do dia em que ele nascer.

Mama

Dia das mães - 2009

3 comentários:

  1. Ser mãe é assim mesmo como você descreve serena e suavemente... E um dia eles crescem e por mais que cresçam nunca deixaram de ser tão queridos.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Repetindo corretamente: Ser mãe é assim mesmo como você descreve serena e suavemente.... E um dia eles crescem e por mais que cresçam nunca deixarão de ser tão queridos.
    Bjos

    ResponderExcluir